09/05/2011

CHEIA DO RIO LONGÁ EM 2011

Nesse período as localidades, que aqui conhecemos como "outro lado do rio", ficam praticamente isoladas devido a cheia do Rio Longá. A passagem só é possível através de canoas que também serve para atravessar motos. Já os carros precisam passar pela cidade de Campo Maior, num percurso de mais de 80 km quando poderia ser de apenas 15 km se existisse uma ponte.

A ponte até que já poderia existir, se os recursos conseguidos estivesse sidos aplicados realmente na sua construção, o que beneficiaria mais de mil habitantes formada pelas populações dos povoados Floresta, Contente, Vila Nova, Texeiro e outras comunidades. Leia sobre o recurso liberado no Portal da Transparência.

A cheia do Rio Longá dura, geralmente, até maio e propicia a formação de belas paisagens, deixando muitos peixes, que aparecem com mais abundância na sua vazante. A cheia do rio também pode causar muitos problemas quando transborda além do considerado normal, como aconteceu na cheia de 2008

Leia mais sobre as enchentes em 2009 e em 2008.

"Este site usa cookies do Google para fornecer seus serviços e analisar o tráfego. Seu endereço IP e user agent são compartilhados com o Google, além das métricas de segurança e desempenho, para garantir a qualidade de serviço, gerar estatísticas de uso e detectar e eliminar abusos."